“O vampirismo de sangue promove a criação do nosferatu: um morto-vivo que suga o sangue de seres vivos. O folclore de diversos países é rico em lendas que relatam o surgimento dos primeiros destes seres, mas são histórias confusas, conflitantes e muito improváveis, que somente trazem mais ignorância ao assunto.

Através de pesquisas feitas na Idade Média sobre os Sabbat, pode-se afirmar que pessoas atingem a imortalidade como vampiros graças a comunhão com um grande Mal. Aqueles que se sentem traídos por Deus se aproximam das Trevas para saciar seus desejos, renegando a própria vida para isso. São ordenados pelas Forças do Mal, tornando-se arautos da perdição proscritos pela terra. 

Entretanto, segundo meus estudos, a origem desse Mal ao qual me refiro é muito mais antiga e deve decorrer do início dos tempos, quando a terra ainda era povoada pela humanidade. Nada mais eu posso conjecturar, eis que as minhas fontes são por demais obscuras.

Denominados em textos antigos como “Patriarcas” ou “Matriarcas”, os “vampiros-reis” nascidos diretamente do Mal original têm poder para influenciar vampiros criados a partir deles. Seus filhos surgem da trilha de sangue deixada por seus pais.

Mas, os nosferatus têm que se alimentar periodicamente ou começam a se degradar, tornando-se grotescos. São premiados e ao mesmo tempo amaldiçoados por esta nova condição. Transformam-se em demônios da noite e dela tornam-se seus amantes. Criaturas amaldiçoadas ou malignas são inimigas da humanidade e precisam ser eliminadas”.

Fragmento de um manuscrito datado de 1516 d.C. escrito por autor desconhecido.

Venha conhecer o que ocorre com o Mundo Vivo, quando o sol submerge e as sombras se arrastam para fora de seus esconderijos diurnos e envolvem a terra…

Legado de Nosphoros retrata um cenário complementar ao universo de Crepúsculo, um mundo habitado por seres sobrenaturais de origem ancestral que prevalecem à margem da Guerra Santa.

Nosferatus, Lamias, Ghuls e Sukuyans são integrantes de Estirpes Vampíricas que interagem com os mortais para sua própria sobrevivência e à semelhança dos humanos, também são tragados para o derradeiro combate entre Caos e Ordem pela supremacia da Orbe!

Além das quatro Estirpes Vampíricas, o Legado de Nosphoros permite a criação de novos tipos de personagens (PCs e/ou NPCs) relacionados com o vampirismo, como os Dhampirs (“meio-vampiros”) e Familiares.
Retrata o Legado de Nosphoros as sociedades vampíricas existentes no universo de Crepúsculo, sua história e outras organizações inéditas!

Nosphoros, o Anjo da Noite; Amon, o Marquês do Inferno; Lúcifer, o Portador da Luz e Miguel, o Protetor Celestial são as principais entidades que teceram o pano de fundo deste cenário sombrio, o qual aguarda por você para desbravá-lo, como um membro de alguma Estirpe Vampírica ou ainda como um ferrenho caçador de vampiros da Ordem do Dragão!

Nas páginas do Legado de Nosphoros você encontrará:

  • Todas as informações necessárias para iniciar uma campanha de Crepúsculo com personagens das Estirpes Vampíricas;
  • 8 (oito) Estirpes (raças) inéditas e diferentes, sendo 5 (cinco) delas voltadas principalmente para personagens jogadores;
  • Novos poderes sobrenaturais para personagens Nosferatus!!
  • Novas vantagens, desvantagens e muito mais!

Suplemento para o RPG Crepúsculo, para os sistemas Ação!!! e Clavius.

Legado de Nosphoros

Legado de Nosphoros

Ficha Técnica:
Título: Legado de Nosphoros
Autor: Ricardo Marat
Formato: 22×28 cm
Páginas: 136 pag
ISBN: 85-89690-05-9
Preço de capa: R$ 33,00


Pague com PagSeguro - é rápido, grátis e seguro!